aa-22-20

A Equipe Solar Marine Racing Team, conhecida como Smart Cefet, nasceu dentro da unidade do Cefet Itaguaí em 2014 com intuito de elaborar um barco movido apenas por energia solar para participar da maior competição nesse ramo no Brasil: o desafio solar brasil.

Essa unidade do Cefet fica muito próxima ao porto de Itaguaí, um dos maiores e mais modernos portos da América Latina, além de se encontrar próximo, de diversas comunidades pesqueiras presentes na região. Por isso, além do primeiro objetivo, o projeto possui também um viés mais social, o qual consiste em desenvolver, através da experiência obtida com a participação nesta competição, barcos híbridos ou totalmente movidos à energia solar fotovoltaica para comunidade pesqueira, tanto da Baía de Sepetiba quanto do Rio Guandu, possibilitando um menor gasto com combustíveis pelos pescadores, contribuindo para o aumento do lucro líquido destes, além de propiciar uma redução da poluição das águas litorâneas da região.

A equipe formada por alunos de engenharia de produção e engenharia mecânica, instalada dentro do campus no Laboratório de Operações Portuárias, iniciou o projeto após ganhar um investimento da faperj. O barco da categoria monocasco, teve seu casco confeccionado em fibra de vidro pela empresa Holos, seguindo o mesmo modelo do Gabriela, barco vencedor do primeiro desafio solar brasil, o DSB 2009, utilizado por um dos orientadores da equipe.Depois de aproximadamente 2 anos, em meio a muitas dificuldades mas também, muita dedicação e trabalho dos alunos que após receberem o casco da Holos, desenvolveram e realizaram todo restante de ações para tornar o barco operante e pronto para testes. Batizado como Sahy, sua primeira vez na água aconteceu na praia de itacuruçá, surpreendendo a todos por ter navegado de forma estável e eficiente.
Após o primeiro teste, finalmente chegou o dia de participar do primeiro desafio.

O DSB 2017 recebeu diversas equipes de todo o brasil para a competição, e a Smart Cefet estava lá. O evento aconteceu no final de 2017, no colégio naval , em angra dos reis, no rio de janeiro. Pela participação, coragem e determinação neste evento, os alunos receberam o troféu Garra em referência à Equipe e a piloto com mais persistência da competição. Após o essa edição do DSB, os esforços se voltaram para correção das falhas e, análise de melhorias. Agora, os novos desafios estão no DSB 2018!

Facebook Equipe Smart Cefet

IMG-20180824-WA0074