Ocorreu hoje, no Clube Naval Charitas, em Niterói, paralelamente ao Desafio Solar Brasil, a palestra de André Luiz Garcia, intitulada “Cuidados com o meio ambiente marinho”. Neste trabalho, André expõe como as atitudes mais corriqueiras podem afetar negativamente os mares e oceanos e como isto reciprocamente afeta a vida do ser humano.

Partindo do aparentemente inofensivo comportamento doméstico, ele explica que o despejo de óleo de cozinha usado ou o uso de certos tipos de produtos de limpeza podem degradar muitos ecossistemas marinhos. Do mesmo modo, o descarte despreocupado de pilhas e baterias usadas pode contaminar uma extensão incrível de água, caso estas entrem em contato com o mar, devido às diversas substâncias presentes em sua composição.

Não se limitando a estes impactos diretos, André cita ainda a participação das correntes marítimas na expansão da poluição. Grande parte do lixo despejado nos mares da costa africana e parte da Europa, por exemplo, através das correntes marítimas, consegue chegar até o litoral baiano, poluindo suas praias, que nada têm a ver com a procedência destes dejetos.

Outro exemplo de como a poluição pode se voltar contra nós mesmos é o caso dos moluscos. Esta espécie animal, muito apreciada na culinária, naturalmente filtram a água em que vive. Portanto, se houver impurezas nesta água, ao consumir estes moluscos, consequentemente estaremos também consumindo nossos próprios dejetos.

Sua análise alcança ainda a indústria naval, atentando para o fato de que os processos de limpeza e reparação de barcos, feitos de modo irresponsável, produzem substâncias e liberam tintas nocivas às espécies marinhas. A título de exemplificação, temos as tintas antivegetativas, utilizadas para impedir a incrustação de organismos e o desenvolvimento de algas nos cascos dos barcos.

Além de expor estes problemas, André acrescenta sugestões e propõe soluções simples e viáveis para contorná-los, como coleta seletiva e reciclagem do lixo, reaproveitamento de materiais e utilização de produtos biodegradáveis.

André Luiz Garcia é pioneiro do 7º Grupo Escoteiro do Mar Benevenuto Cellini do Jurujuba Iate Clube, integrante do clã Dama do Lago e competidor, pelo 2o ano consecutivo, do Desafio Solar Brasil, pela equipe Arpoador.

Estiveram presentes em sua palestra competidores de outras equipes do DSB2010, integrantes do comitê técnico e da organização do evento, alguns colegas de equipe e crianças do próprio grupo escoteiro.

Para maiores informações, visite o blog do projeto “Cuidados com o meio ambiente marinho”.

Nenhum pensamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s